PTF | Gases Industriais | Gases Especiais | Ar Comprimido
PT | EN

Embalagem em Atmosfera Protetora

 

A embalagem em atmosfera protetora é uma técnica utilizada para prolongar a vida útil de produtos alimentares frescos ou minimamente processados.

 
Esta técnica consiste na substituição do ar ambiente em redor dos produtos a embalar por uma mistura gasosa com uma composição adequada aos produtos alimentares em causa. Deste modo a qualidade inicial dos produtos pode ser prolongada uma vez que é retarda a sua degradação natural.


Os gases autorizados para nesta aplicação são:

  • Azoto (E941)
  • CO2 (E290)
  • Oxigénio (E948)
  • Árgon (E938)
  • Hélio (E939)
  • Óxido Nitroso (E942)

 

Destes os mais utilizados são:

 

  • Azoto (E941) – utilizado individualmente ou misturado com outros gases, o Azoto contribui para o deslocamento do oxigénio do interior de uma embalagem ou, por ser pouco solúvel em água, para evitar o colapso da própria embalagem devido à absorção de CO2 pelos produtos embalados. É ainda utilizado para evitar o ranço de gorduras.
  • CO2 (E290) – é o gas mais eficaz no atraso do desenvolvimento microbiano (fungos e bactérias) ao dissolver-se nos líquidos e gorduras contidos nos produtos alimentares, reduzindo assim o seu PH. Esta dissolução pode originar o colapso das embalagens.
  • Oxigénio (E948) – necessário para manter a coloração da carne vermelha (oxi-mioglobina) e nas frutas e vegetais para controlar a sua respiração.

 

 

Os gases são apenas um dos intervenientes no processo de embalagem em atmosfera protetora. Existem outros fatores a ter em conta, tais como:

 

  • Qualidade Inicial dos Produtos Alimentares – quanto melhor a sua qualidade inicial, (principalmente uma baixa carga microbiana inicial), maior será a sua durabilidade e qualidade durante a sua vida útil.
  • Temperatura – este fator deve ser controlado de forma muito exigente, pois é, sem dúvida, um dos fatores mais importantes em todo o processo, influenciando decisivamente a qualidade microbiológica dos produtos. Apenas alguns produtos desidratados e de panificação não necessitam de um acondicionamento a temperatura de refrigeração. Deste modo uma cadeia de frio de qualidade é essencial ao sucesso da Embalagem em Atmosfera Protetora
  • Materiais de Embalagem – este fator tem influência na manutenção dos gases dentro da embalagem, pois a sua taxa de permeabilidade aos gases e vapor de água influência a respiração dos produtos alimentares. Assim, para frutas e legumes, devemos ter uma taxa de permeabilidade mais elevada, em contrapartida em produtos cárnicos, lácteos, pratos cozinhados, e outros, devemos ter uma embalagem mais estanque (materiais de alta barreira).
  • Equipamento de Embalagem – a escolha do equipamento de embalagem tem como principais fatores de decisão, a capacidade de produção, o tipo de embalagem pretendida e o tipo de produto a embalar. Para tal existem várias opções, desde máquinas termoformadores, termoseladoras, flowpack e de campânula.
  • Controlo de Qualidade – em todos os processos é de extrema importância o controlo de qualidade do mesmo. Na embalagem de produtos alimentares em atmosfera protetora este factor é de primordial importância devendo ser efetuado o controlo de todos os riscos e pontos críticos em todas as práticas de produção, distribuição e venda, de modo a evitar a contaminação e degradação precoce dos produtos alimentares embalados. Este controlo é efetuado de acordo com as rotinas de HACCP implementadas pelas empresas alimentares.

 

 

Esta aplicação pode ser utilizada em vários produtos, entre os quais:

 

  • Carnes Frescas
  • Hamburgueres
  • Carnes Fumadas
  • Enchidos
  • Fiambre Fatiado
  • Bacon
  • Queijo Fatiado
  • Frutos Secos
  • Café
  • Leite em Pó
  • Papas de Bébé
  • Pré Cozinhados
  • Pizzas
  • Pasta Fresca
  • Pão Pré Cozido
  • Pastelaria
  • Legumes e Saladas 4ª Gama
  • Frutas
  • Cereais
  • Especiarias
  • Marisco
  • Peixe
  • Vinho
  • Azeite

 

 

Com uma vasta experiência no sector alimentar a PTF tem várias soluções para a aplicação de Embalagem de Produtos Alimentares em Atmosfera Protetora, estando apta a prestar toda a acessoria técnica ao desenvolvimento desta aplicação em qualquer sector alimentar.

 

MARCAS REPRESENTADAS
  • Oxymat
  • BOGE
  • WITT
  • LNI Schmidlin
  • GasTech
  • Cryo Diffusion
  • Vulkan
  • Aircom
  • Rinnert