PTF | Gases Industriais | Gases Especiais | Ar Comprimido
PT | EN

Ar Comprimido Seco

O ar atmosférico é constituído por diversos constituintes, entre os quais 50 a 80% de vapor de água. Após a compressão, o vapor de água existente no ar comprimido tende a condensar, formando-se água líquida no interior das tubagens e equipamentos existentes ao longo da rede de distribuição.


O ar comprimido arrasta essa água que ao chegar aos equipamentos a acionar (válvulas, cilindros pneumáticos, pistolas de pintura, motores pneumáticos, etc.), vai atuar como um martelo danificando gradualmente os equipamentos e provocando avarias que se poderão revelar extremamente caras e de demorada reparação.

 

De modo a evitar todos estes inconvenientes recomenda-se a utilização de ar comprimido seco, obtido através da utilização dois tipos de secadores:

 

  • Secadores de Refrigeração – arrefecem o ar comprimido de modo a provocar a condensação do vapor de água existente e posteriormente eliminam a água condensada para uma rede de recolha e tratamento;
  • Secadores de Adsorção – o ar comprimido atravessa um leito adsorvente onde o vapor de água fica retido. O vapor de água retido é depois expulso para a atmosfera por uma corrente de ar de regeneração do adsorvente;

 

Como se consegue depreender o ar comprimido seco é fundamental em qualquer aplicação industrial, dependendo o seu grau de secagem (ponto de orvalho á pressão) da exigência específica da aplicação a que se destina.


Os secadores de ar comprimido da BOGE podem alcançar Pontos de Orvalho de +3ºC, -20ºC, -40ºC ou -70ºC, conseguindo deste modo corresponder ás exigências de todos os setores industriais.

MARCAS REPRESENTADAS
  • Oxymat
  • BOGE
  • WITT
  • LNI Schmidlin
  • GasTech
  • Cryo Diffusion
  • Vulkan
  • Aircom
  • Rinnert